263189873885109

domingo, 27 de julho de 2014

Epilepsia canina: minha expêriencia

     Oi! Nao sei se você já sabia disso, mas eu sou um cachorro epiléptico.
     Minha irmã leu em alguns sites que a epilepsia canina pode começar a se desenvolver a partir dos 3 anos de idade. Mas comigo a coisa é beeem diferente, vou contar a história pra você.

     Quando os ataques acontecem comigo fico tonto, não consigo andar e meu pescoço endurece. Na maioria das vezes antes de chegar ao clímax da doença, consigo andar até minha caminha, fico lá quietinho até passar.
     Eu garanti a doença através dos meus pais, pois eles são irmãos. O meu caso é o menos grave da família, minha irmã (que não mora comigo) não pode brincar com outros cachorrinhos se não ela passa mal. Comigo os ataques não acontecem com tanta frequência, em 7 meses tive somente 4.


     A agitação excessiva, a chegada de pessoas que o cão nunca viu, muito barulho, mudança de casa ou a chegada de um novo cão são as principais causas de um ataque epiléptico.

     A agitação excessiva e a chegada de visitas foram os motivos do meu ataque mais grave. Aconteceu um dia depois de um dos jogos do Brasil. Durmo do lado da cama da minha irmã, e enquanto ela dormia passei MUITO mal.
     Quando ela acordou meu peito estava todo molhado, minha boca estava com espuma, meu pêlo estava sujo de cocô e xixi.


     Depois de tomar banho fui ao veterinário, fui diagnosticado com epilepsia. A médica disse que tive uma convulsão, explicou certinho o que é: o cachorro "desliga", fica totalmente desorientado. Não enxerga, nao escuta e não controla o seu intestino, por isso acabei fazendo as necessidades no lugar errado e ainda por cima pisei nelas, afinal eu não estava enxergando.

 
     A moça também disse que deve-se ter cuidado com cães com esse tipo de problema, pois merecem atenção redobrada. O remédio indicado por ela foi o Gardenal, mas devo ser medicado somente em último caso, pois o uso excessivo do produto pode me causar outros problemas como obesidade devido a falta de energia que iria ter para gastar, iria só comer e dormir, consequentemente também iria engordar e ficaria obeso.
     Outro remédio que pode ser usado é o Floral, que é um remédio mais natural, não iria me deixar tão debilitado.

     Desde esse dia não tive mais nenhum ataque, meus pais e minha irmã também não me deixam ficar agitado, para não facilitar a coisa :P

6 comentários:

  1. Adorei esse conteúdo pois tenho uma cachorrinha epilética me surpreendi pois tem algumas coisas que eu não sabia,muito bom esse blog.

    ResponderExcluir
  2. O meu lhasa em uma semana teve 3 ataques não sei o que fazer, se não tiver ninguém perto será que pode morrer? Não tenho muita experiência e ta sendo tudo novo pra mim. Eu acordo com ele se debatendo dentes travado babando, antes de passar a medicação o veterinário esta pedindo raio x para ver se o coracao teve alteração não tendo nada vai medicar o gardenal.

    ResponderExcluir
  3. Ha duas semanas atrás meu esposo chegou em casa e viu minha Lhasa Apso toda babada e com espuma no rosto. Desconfiamos que seria uma epilepsia, mais não tínhamos certeza, então deixamos passar, e hoje as 5:00 da manhã acordamos com ela em crise de epilepsia. Foi terrível vêr ela assim, pois amamos muito ela. Levamos no Veterinário e ele vai analisar o caso.

    ResponderExcluir
  4. Meu filho tem 2 anos e 2 meses, o Tom.... Desde 1 ano de idade ele apresenta crises de convulsão,hj já consigo com mais frieza tratar do caso,mas são dias de muito desespero e dor,afinal ele é o príncipe da casa. ...
    Ele tom gardenal infantil 2x por dia e hj.mais um crise....
    Gostaria de manter contato pra trocar experiências ebtrem em contato por favor... Whats 11 981384085

    ResponderExcluir
  5. Meu filho tem 2 anos e 2 meses, o Tom.... Desde 1 ano de idade ele apresenta crises de convulsão,hj já consigo com mais frieza tratar do caso,mas são dias de muito desespero e dor,afinal ele é o príncipe da casa. ...
    Ele tom gardenal infantil 2x por dia e hj.mais um crise....
    Gostaria de manter contato pra trocar experiências ebtrem em contato por favor... Whats 11 981384085

    ResponderExcluir
  6. Olá, muito bom o teu blog. Adotamos a linda Tita do canil municipal em fev/2016, após denúncia de que ela estava com anemia profunda por causa de infestação de carrapatos. Ela tinha 04 meses de idade. Em nov/16 ela deu uma primeira crise horrível e descobrimos ser convulsão epiléptica. Iniciamos o tratamento com gardenal e em abril deste ano ela deu a segunda crise. Em junho ela deu outra crise, porém mais leve. Em 31/08 ela deu outra crise forte, mas sempre retornava a normalidade. Na quinta feira retrasada ela deu uma crise às 5:00h da manhã e voltou ao normal. às 11:30h ela deu uma outra crise e sequenciou até as 17:00h, mesmo com aplicação de Diazepam e Gardenal ela não parava de convulsionar. Levamos no Veterinário e a internamos. No dia seguinte ela veio a óbito causado por um infarto. Nossa amada nos deixou e marcou para sempre a nossa vida. Hoje sabemos o quanto essa experiência nos marcou e nos transformou em pessoas melhores. Amaremos para sempre a nossa amada TITA!!!!

    ResponderExcluir

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...